Artigos







Primeira formação dos Oito Batutas: Pixinguinha, na flauta, Donga e Raul Palmieri, no violão, Nelson Alves, no cavaquinho, China, no canto, violão e piano, José Alves, no bandolim e ganzá e Luis de Oliveira na bandola e reco-reco.
Leonor Bianchi ‘Nós somos Batutas’ é o nome do livro que estou publicando pela Editora Pizindim como menção e homenagem ao centenário de formação dos Oito Batutas. O livro de Izomar Lacerda “apresenta um estudo antropológico sobre o ambiente artístico-musical carioca do início do século XX, sobretudo na década de 1920, tendo […]

Nós somos Batutas




images (3)
Leonor Bianchi Seguindo com a série Memória Discos Marcus Pereira, hoje relemos a crítica de José Ramos Tinhorão feita ao LP de Cartola, gravado pela Discos Marcus Pereira em 1974. Ainda neste artigo, leia a abertura do primeiro capítulo do livro ‘Discos Marcus Pereira: uma história musical do Brasil’, do […]

Tinhorão, Cartola e uma gravadora de tirar o chapéu


waldir radio record IMS
Leonor Bianchi Há alguns anos circula na internet um vídeo divulgando o péssimo estado em que se encontra o túmulo do nosso grande cavaquinista Waldir Azevedo, em Brasília. Mas esse vídeo está errado, ele transmite uma informação equivocada porque os restos mortais de Waldir Azevedo foi transferido para o cemitério […]

A memória de Waldir Azevedo


Screenshot_2018-12-10-09-11-30
Leonor Bianchi A foto rara em que Pixinguinha aparece regendo uma orquestra foi encontrada no Jornal do Brasil ilustrando um artigo de José Ramos Tinhorão sobre o segundo disco lançado pela Gravadora Discos Marcus Pereira, o disco Brasil, flauta, bandolim e violão; um álbum totalmente dedicado ao choro, gravado com […]

Uma foto rara do Maestro Pixinguinha



Leonor Bianchi Este artigo sofreu uma errata. Eu havia publicado o vídeo do disco Brasil, Flauta, Cavaquinho e Violão erroneamente e o leitor Márcio Gomes (pandeirista conhecido nas rodas de samba e choro de Juiz de Fora) foi quem bem observou a troca das informações e me avisou. Valeu, Márcio! […]

Brasil, flauta, bandolim e violão por José Ramos Tinhorão


Pixinguinha na Marcus Pereira jornal 1975 Movimento cena brasileira Suburbio Carioca~3
Leonor Bianchi 1975 – A recém-criada Gravadora Discos Marcus Pereira, na contramão da produção fonográfica brasileira, que então era impulsionada pela música estrangeira, grava o LP ‘Pixinguinha de novo’, com interpretações dos flautistas Altamiro Carrilho e Carlos Poyares. O disco recebeu uma nota do crítico José Miguel Wisnik ilustrada por […]

Pixinguinha de novo e sempre!


images (10)~2
Leonor Bianchi Discos Marcus Pereira JB – Domingo, 10 de março de 1974 A Gravadora Discos Marcus Pereira acabava de se lançar no mercado fonográfico brasileiro. Num cenário desolador para a música popular brasileira, abandona pelas grandes gravadoras, que voltavam seus interesses para a música eletrônica, sobretudo a produzida nos […]

A crítica de Tárik de Souza para a Gravadora Discos ...





















6230b8f7605b48c5f5e8a4b76a1ca071
Conteúdo exclusivo para assinantes. Escolha seu Plano de Assinatura no menu do site, registre-se e tenha acesso a todo o conteúdo da Revista do Choro.

Quadrilha e Choro

















jacog-do-bandolim
Por Nelson Menda JACOB O mundo parecia querer vir abaixo naquela cinzenta madrugada de domingo. Nuvens escuras avisavam que a tempestade estava próxima. Como um prenúncio aziago, o telefone tocou uma, duas, três vêzes.  “É para você, Jacob”, informou Adylia, sua esposa , passando-lhe o fone. O dono da casa atendeu, […]

O judeu Jacob do Bandolim



Camunga
Por André Diniz e Diogo Cunha Cláudio Lopes dos Santos, mais conhecido como Cláudio Camunguelo era pagodeiro de mão cheia e grande (que mais parecia uma raquete), enfiava sua flauta transversa na música que aparecesse pela frente. Virou uma figura lendária nas rodas de samba e de choro da cidade […]

Camunguelando










20171007_161245
Público que for à redação poderá assistir a pequenos espetáculos musicais, consultar o acervo da revista e degustar as cervejas artesanais de Friburgo armonizadas aos quitutes feitos no fogão à lenha da cozinha rural da casa A sede da Revista do Choro [e-ditora] – única publicação dedicada ao gênero produzida […]

Revista do Choro de portas abertas em Lumiar





































jacob do bandolim
Redação O Instituto Jacob do Bandolim agradece e compreende as manifestações, algumas equivocadas, com relação a disponibilização de instrumentos secundários que pertenceram ao mestre Jacob, e esclarece que: Os dois instrumentos, os bandolins 01 e 02, com os quais Jacob gravou toda a sua discografia (centenas de faixas fonográficas), com exceção de algumas poucas […]

Diretores do Instituto Jacob do Bandolim enviam nota de esclarecimento ...




Garoto com seus instrumentos
Centenário de Nascimento de Aníbal Augusto Sardinha, o Garoto Por Prof. José de Almeida Amaral Júnior São Paulo na primeira metade do século XX era uma urbe que crescia em ritmo acelerado. Central para o financiamento da cultura cafeeira, carro chefe da economia brasileira no período, recebia milhares de novos […]

Garoto: Uma breve história virtuosa