Notas da editora


FB_IMG_1581246861788
Leonor Bianchi Nossa infância musical Quero fazer uma matéria falando sobre a nossa mais tenra infância e a nossa mais antiga memória musical, passando pela infância dos 4, 5 aos 10, 12 anos de idade. Eu lembro muito do repertório que escutava nessa época, e ninguém, absolutamente nenhum dos meus […]

Nossa infância musical


20191220_165809_HDR~2
Leonor Bianchi Flauteando no choro Um time de feras está sendo escalado para a série especial que estou produzindo para a Revista do Choro, Flauteando no Choro. Vamos falar de muitos chorões e suas obras, como, por exemplo: Viriato Figueira da Silva, Joaquim Antônio Callado, Patápio Silva, Alfredinho Flautim, Pixinguinha, […]

Flauteando no Choro





images (1)
Leonor Bianchi O pianista português Eduardo Jordão enviou um vídeo maravilhoso interpretando ‘Meu caro amigo’, de Chico Buarque’, ao piano, com um outro parceiro (apurando o nome). Eduardo Jordão tem um trabalho com choro, que em breve será pauta na Revista do Choro.  

Chico em Portugal na Revista do Choro




Tania Carvalho biografa de musicos citada jornal da ABI discus marcus pereira~2
Leonor Bianchi Pesquisando sobre Marcus Pereira encontrei esta matéria com a GRANDE jornalista, que muito me inspira, pesquisadora, biógrafa de grandes artistas brasileiros, dentre eles, músicos de renome internacional, e que trabalhou diretamente com Marcus Pereira na Gravadora Discos Marcus Pereira, quando saiu da Manchete, Tania Carvalho. Segundo ela conta […]

Tania Carvalho: a jornalista da Discus Marcus Pereira









Dos 10 anos de Mostra Cinema Popular Brasileiro, que fiz aqui em Lumiar, Nova Friburgo, sete aconteceram nesse casario secular, em São Pedro da Serra
Leonor Bianchi Os vídeos que tenho publicado no meu perfil pessoal do Facebook e não na fanpage da Revista do Choro, falando sobre choro, sobre a revista, sobre música tem tido bastante audiência. Então, resolvi publicar esse conteúdo direto na revista. Acho que já deu pra perceber que eu não […]

Artistas brasileiros, valorizem mais o Brasil e o povo brasileiro!






donga-samba~2
Leonor Bianchi Esta semana conheci Márcia Zaíra, neta de Donga, através de várias mensagens de áudio e texto trocadas pelo aplicativo de conversa WhatsApp. Quem me ajudou neste contato foi o sambista Didu Nogueira, também da família e que já estava me ajudando quando comecei a escrever a primeira parte […]

Pelo zap zap a generosidade da neta do compositor de ...




Eu na redação da Revista do Choro estudando flauta.
Leonor Bianchi Os cinco anos de experiência editando a Revista do Choro estão na matéria Caminhos do choro brasileiro, da jornalista Marian Trigueiros, publicada hoje no caderno de Cultura da Folha de Londrina. Obrigada à editora de Cultura da Folha de Londrina, Célia Musilli e a Marian Trigueiros, redatora da […]

Revista do Choro ganha destaque na grande imprensa






Baús do choro
Os Baús do Choro com Leonor Bianchi* Convido a todos para conhecerem e curtirem este projeto cultural de guerrilha que estou fazendo no coreto da pracinha em frente a centenária banda Euterpe Lumiarense contando a história do choro através da biografia dos ‘Pais do choro’. São muitos os baús abertos […]

Os baús do choro





20171007_161245
Público que for à redação poderá assistir a pequenos espetáculos musicais, consultar o acervo da revista e degustar as cervejas artesanais de Friburgo armonizadas aos quitutes feitos no fogão à lenha da cozinha rural da casa A sede da Revista do Choro [e-ditora] – única publicação dedicada ao gênero produzida […]

Revista do Choro de portas abertas em Lumiar






Armandinho Macedo aos 15 anos ao lado do cavaquinista Assis, no apartamento do jornalista do Senado e também cavaquinista Raimundo de Brito, onde nasceu a cena do choro em Brasília, na forte presença do citarista Avena de Castro (1969). [Acervo Arnoldo Velloso].
Nota da editora Olha quem também frequentou o famoso apartamento do jornalista-cavaquinista Raimundo de Brito, amigo do citarista Avena de Castro! Armandinho Macedo! Foi nesse ap do Raimundo que nasceu a cena do choro em Brasilia, em encontros que aconteceram entre 1968 e 1974. Esta semana mostrei a foto pra ele […]

Armandinho Macedo e Avena de Castro