O Clube do Choro de Búzios


Leonor Bianchi

Conhecida por ser o balneário mais charmoso do Rio de Janeiro, Búzios tem fama de artista de cinema pela passagem da atriz Bridgite Bardot pela cidade nos anos de 1970. Um dos destinos turísticos mais procurados no Brasil por gente daqui e de fora, Búzios tem um ar de cidade pequena e bucólica, mas seu espírito cosmopolita une pessoas de diversas nacionalidades.

É no cenário das praias buzianas que o choro se faz presente através do pessoal do Clube do Choro de Búzios. Criado há três anos depois o encontro natural e espontâneo de instrumentistas moradores da cidade, o Clube já é popular na cidade, já tendo feito apresentações em praças e festas populares da cidade.

clube choro buzios

Como conta seu presidente, Vladimir Wichansk “o Clube do Choro de Búzios surgiu em 2011 e, como muitos outros, de encontros naturais e espontâneos de amigos em torno do carinho por este ritmo que retrata tão bem alma brasileira. Nessa época, tudo acontecia sem ter o caráter ou intenção de se tornar um clube organizado, com regras e projetos. Esses encontros passaram, então, a acontecer em casa de amigos, mas foi no restaurante 77, na praia de Geribá, que o clube começou a tomar corpo e visibilidade e finalmente, em 2012, já consolidado, começa a se apresentar num espaço de caráter, digamos, mais aberto ao público; no Shopping N 1.. O clube chegou a fazer uma bela temporada de três meses na Praça Santos Dumont, reunindo numerosos e representativos músicos e entusiasmada plateia. Esse acontecimento nos levou a pensar em formar o clube, mas sem apoio financeiro para tal, acabamos nos reunindo em minha casa, onde aconteceram vários ensaios abertos na busca de ajuda de particulares e apreciadores para o registro do clube, que aconteceu em 2013. Continuando sem apoio, em 2014 fizemos apresentações em eventos particulares e beneficentes na região, como: SACI Búzios; Encontro de Caricaturistas; Encontro da Terceira Idade entre outros”, diz Vladimir.

Ainda que encontre dificuldades para manter as atividades do Clube, ele afirma que o movimento construído na cidade em torno do choro é um grande motivo de satisfação. “Esse trabalho me enche de orgulho por tudo o que ele representa e vem somando ao longo desses três anos como, por exemplo, a generosidade dos músicos, o carinho dos admiradores e a oportunidade que tive de fazer bons amigos e parceiros musicais. Gosto desta relação que acaba acontecendo de forma fraterna em torno do choro e muitas vezes em minha própria casa. Porém, é claro, que a falta de investimento prejudica o trabalho, pois fica difícil manter grupo unido sem ganho e tudo mais…. Até porque temos como norma: a valorização da música e do músico, que entre outras coisas, deveria ser remunerado como determina o sindicato dos músicos. Nos períodos mais difíceis o clube tem contando com a boa vontade de várias pessoas, que estão de alguma forma ligada ao grupo, e a quem temos que agradecer

E assim buscamos sempre, de forma associativa e alternativa, uma relação direta com o público, dando a sequência às apresentações do choro e a existência do clube. Pensando nos três anos que se passaram, sinto que nosso primeiro objetivo foi alcançado, ou seja, Clube do Choro de Búzios continua vivo e pulsante”, considera o chorão.

Apresentações populares em 2015

Este ano o Clube do Choro quer voltar a fazer contato direto com o público em apresentações mais… cara a cara, digamos… tocando em ruas, praças, coretos…

“Temos a intenção de retomar o espaço público e democrático (praças, ruas, feiras livres…) como nosso palco musical e lugar de divulgação do gênero. Entendemos que desta forma cumpriremos o nosso objetivo principal, que é perpetuar na cultura popular este gênero ritmo tão brasileiro e carioca…. Tão nosso e único. Buscaremos alternativas, se o desinteresse de outros setores continuar, para promover a musica e os músicos locais e criar um cenário harmonioso em torno do nosso belo balneário que carece de uma boa música genuinamente brasileira”, diz Vladimir.

imprensabr
Author: imprensabr

Leave a comment

O seu endereço de email não será publicado.