Vem aí o Trem do Choro!


Redação

Recebemos o email do leitor e militante da Cultura do Choro Marcio Vinhas,que nos contou rapidamente sobre a articulação do coletivo que se uniu para criar o Trem do Choro.

“Em setembro de 2012, nós do Choro Suburbano pensamos em fazer o Trem do Choro em uma varanda famosa que fica na Penha, no meu cantinho. O fato tomou corpo depois que começamos a divulgar. Isso fez com que criássemos uma data específica para o Trem do Choro.

foto trem 2
Participamos de um outro coletivo que nos ajudou a viabilizar a ideia, mas com o passar de dois anos as ideias e as cabeças de alguns membros envolvidos foram mudando e dando um teor ao projeto que despontava mais para o lado comercial, e não era essa a intenção primordial do projeto. Rolaram, neste sentido, parcerias com o Sesc, e aí começou um racha no núcleo do projeto. Um racha que acabou fortalecendo o movimento. Foi quando veio a ideia criarmos o movimento Choro Suburbano, pelo qual não ganhamos nada. O movimento propõe a valorização do artista do choro.
Hoje o projeto Trem do Choro tem um padrinho muito especial, que é o Hamilton de Holanda, e este ano, vamos sair com muito sacrifício, pois não temos ajuda financeira de nenhum empresário nem patrocínios que nos permitam pagar os músicos”.
O Trem do Choro sairá no sábado, 23 de abril, Dia Nacional do Choro e aniversário do mestre Pixinguinha, da Estação Central do Brasil – Lona Cultural João Bosco – Av. São Felix, 602, Vista Alegre (RJ). Entre os convidados para participarem do Trem do Choro deste ano está o bandolinista Joel Nascimento.
Vamos prestigiar!
Salve o Dina Nacional do Choro!
Salve Pixinguinha!