Martinho da Vila e Marcus Pereira


Leonor Bianchi

Alguém poderia me colocar em contato com o Martinho da Vila, por gentileza, para eu saber diretamente com ele como foi sua amizade com o Marcus Pereira, já que esse tema foi levantado em duas lives durante o CICLO de conversas ‘A gravadora de Discos Marcus Pereira e o mapa musical do Brasil’ de forma distinta? Seria muito interessante e importante ouvir o próprio Martinho falar a respeito.

Segundo o pesquisador Eduardo Magossi, que participou da última mesa do CICLO, Martinho da Vila não gravou nenhum disco pela Marcus Pereira; ele teria sido sócio com apenas 1% do bar Jogral, ajudado por Marcus Pereira, mas não foi lançado pela gravadora. Martinho da Vila e Marcus Pereira eram amigos pessoais.

Assista as lives do CICLO de conversas ‘A gravadora de Discos Marcus Pereira e o mapa musical do Brasil’ e saiba mais.

 

Martinho da Vila foi lançado pela gravadora Discos Marcus Pereira quando ainda trabalhava no Exército Brasileiro. Foi amigo pessoal de Marcus Pereira, mas no depoimento de um dos participantes de uma das Lives ele não teria sido grato ao trabalho empreendido por Marcus para lançá-lo no mercado fonográfico. Já em outra Live, outro participante do CICLO disse justamente o inverso: que Martinho da Vila lembra de Marcus Pereira com bastante gratidão.

Não vou dizer o nome das pessoas que deram esses depoimentos justamente para vocês assistirem as Lives, sobretudo, você, Martinho, com quem quero muito falar. Você lembra do dia em que a foto abaixo foi tirada? Lembra desse momento? Conta pra gente essa história sobre a sua relação com Marcus Pereira! Vem participar conosco, no sábado que vem, dia 22 de agosto, às 11h, na página da Revista do Choro, da próxima mesa do CICLO integrada por músicos que foram lançados pela gravadora Discos Marcus Pereira! Será muito bem vindo!

Marcus Pereira e Matinho da Vila

Marcus Pereira e Matinho da Vila

Obrigada!

FOMENTE o CICLO de conversas ‘A gravadora Discos Marcus Pereira e o mapa musical do Brasil’ assinando a Revista do Choro.

Para assinar a revista clique aqui.