Um clássico da Marcus Pereira comentado pelos críticos Eurico Nogueira França e Sérgio Cabral


PARA LER ESTE CONTEÚDO ASSINE A REVISTA DO CHORO OU COMPRE O MESMO SOB DEMANDA. ACESSE OS LINKS PARA UMA DAS OPÇÕES ACIMA NO MENU DO SITE.
Lost your password?