Revista do Choro relembra o mestre Jorginho do Pandeiro


Leonor Bianchi

Conheci Jorginho Do Pandeiro em 2011, no Festival de Choro Benedicto Lacerda, em Macaé (RJ) e por incrível que pareça não falamos absolutamente nada sobre pandeiro ou choro, mas sobre evolução espiritual. Assim como eu, ele também era espírita. Em 2014, Jorge Filho, seu filho e cavaquinista do Conjunto Época de Ouro concedeu-me uma entrevista para a Revista do Choro, que então estava sendo lançada. A mesma foi intermediada pela neta de Jorginho, Carol, a quem serei sempre muito agradecida. Foi a primeira capa da Revista do Choro. Ouça agora um pequeno trecho onde ele fala sobre seu pai, Jorginho do Pandeiro. Salve Jorginho do Pandeiro, nosso grande Mestre!