Homenagem a Garoto


Espetáculo em São Paulo reúne nomes importantes da música instrumental brasileira e do choro para dar sequência ao ciclo de homenagens ao centenário de Aníbal Augusto Sardinha

Por Leonor Bianchi

Tido como o ’Pai do violão moderno’, Aníbal Augusto Sardinha (São Paulo, 28 de junho de 1915 — Rio de Janeiro, 3 de maio de 1955), o Garoto, vem recebendo uma série de homenagens desde a data de seu centenário de nascimento, celebrado ano passado. Precursor da bossa nova, revolucionário do choro, multiinstrumentista e maior nome da literatura de cordas da história do país, Garoto virou tema central de um documentário longa-metragem, de um projeto editorial que reúne partituras de composições ainda desconhecidas do grande público e de espetáculos musicais, que reverenciarão a obra deste Gênio das Cordas.

Este mês, nos dias 23 e 24, tocarão juntos, no mesmo palco, pela primeira vez, Guinga, Yamandu Costa, Paulo Bellinati, Henrique Cazes, Marcello Gonçalves, Moderna Tradição (Benjamim Taubkin, Izaias Bueno de Almeida, Israel Bueno de Almeida, Lulinha Alencar e Ari Colares), Xênia França, Guilherme Held e Caixa Cubo Trio (Henrique Gomide, João Gabriel Fideles e Noa Stroeter). A ocasião especial será o espetáculo ‘Garoto 100 anos: O gênio das cordas’, que acontecerá no Sesc Pinheiros, lançando luz à obra deste que fora um dos ‘pais do violão brasileiro’. Os músicos vão interpretar, com arranjos novos, composições conhecidas e inéditas de Garoto.

espetaculo em homanagem a garoto 110 anos o genio das cordas sesc pinheiros

O espetáculo, patrocinado pelo edital Natura Musical tem produção de Rafael Veríssimo, jornalista e documentarista que também está à frente da direção do documentário ‘O gênio das cordas’, ainda em fase de gravação. O trio formado por ele, Henrique Gomide e Lucas Nobile uniu-se à equipe da experiente Myriam Taubkin, que atua neste projeto com Gabriel Paiva. Só para citar sua larga vivência com produção artística e a obra de Garoto, em 1993, Myriam produziu o CD ‘Viva Garoto’, idealizado por João Gilberto e gravado através do projeto Memória Brasileira.

Os espetáculos serão realizados no Teatro Paulo Autran, na unidade doSesc Pinheiros, nos dias 23 e 24 de setembro, às 21h.

Os ingressos começam a ser vendidos no dia 13/9, às 16h30, pelo Portal SescSP,a partir do dia 14, também nas unidades do Sesc.

O show integra uma série de atividades e projetos em celebração ao centenário de nascimento de Aníbal Augusto Sardinha, comemorado ano passado.