O que o músico faz quando entra de férias?


Leonor Bianchi

O que um músico faz quando entra de férias?

Minha opinião sobre a fala daquele músico, professor de universidade federal, que citei no vídeo publicado segunda, na Revista do Choro, e que nada contribui para a cultura popular brasileira, numa publicação que ele fez em sua fan page antes de ir babar o ovo dos gringos…

Ele postou o seguinte enunciado:

“O que o músico faz quando sai de férias?”

Aí venho eu:

Um psicanalista lacaniano observaria que ele escolheu a palavra sair para dizer ‘sair de férias’, e não ‘entrar’ de férias.

Este pequeno-grande detalhe em sua fala corrobora com a minha afirmação no vídeo que fiz de que esses músicos estão em sala de aula o tempo todo querendo sair dali, ou seja, quando ele entra de férias, na verdade ele sai do ambiente onde não quer estar; daí a fala ‘quando o músico sai de férias’.

Ninguém sai de férias; a pessoa entra ou tira férias. Trabalhando dentro da lógica lacaniana, desconstruo esse discurso e vejo que ele de fato não quer estar ali, quer sair fora.

E aí, finalmente… o que um (esse) músico faz quando sai de férias?

Minha opinião:

Vai pra fora do Brasil babar ovo e bater palma pra gringo, ao invés de ficar aqui trabalhando pela cultura popular brasileira na sua terra, no sertão da Bahia, bolsão de miséria carente de tudo, sobretudo, de arte, educação, cultura e amor.

O que um músico como VOCÊ faz quando entra de férias, né, você quis dizer?!

Infeliz!

Quem paga o teu salário pra você ficar tirando toda essa onda sou eu, é o Estado, não se esqueça nunca disso.

Vou ficar sempre de olho em você!

Eu teria vergonha de ser um aluno seu. Meus mestres, eu quero ver atuando na cultura popular brasileira e não batendo palma pra gringo na primeira oportunidade.

Deslumbrado!

Nunca teve acesso, né? Quando conheceu se deslumbrou.

Como diria o sábio Chico: Vai trabalhar vagabundo!

E se você ainda não assistiu o vídeo ao qual me refiro assista agora!